Identidade pedagógica

O conjunto de valores que norteia o Projeto Pedagógico do Colégio Novo Tempo se expressa no desenvolvimento de todas as ações vivenciadas na escola e em respeito ao ser humano tais como:

  • Formação em valores

  • Responsabilidade

  • Respeito às diferenças

  • Pensamento crítico e reflexivo

  • Direito à igualdade

  • Sustentabilidade

  • Autonomia

  • Exercício da cidadania

  • O nosso Projeto Pedagógico enfatiza o levantamento de situações-problema com orientações que propiciam a descoberta de novos caminhos. Os alunos caminham na compreensão dos significados e na constituição de seus próprios procedimentos, levantam questionamentos e das discussões criativas surge o desencadear de ações e descobertas.

  • É a partir das contribuições de Piaget e Vygotsky e, especialmente, na teoria sociointeracionista vygotskyana, que no dia a dia da sala de aula, no tocante às relações da construção do conhecimento, a didática ancora-se. Sustentando esses fundamentos pedagógicos em nossa prática de ensino, o trabalho do professor baseia-se na crença de que o processo do desenvolvimento cognitivo é centrado na possibilidade de que o aluno seja, constantemente, desafiado à construção de novos conceitos, a percorrer a distância entre o que já sabe e o que tem potencialidade de aprender.

  • Nessa perspectiva, o aluno utiliza os conhecimentos já consolidados, desestabilizados por novas transformações, em relação com outros conhecimentos, de outros sujeitos, num processo de interação, para só então, serem consolidados como um conhecimento novo.

  • O significado que se atribui à realidade e como contextualizamos e mais o valor da interação leva à superação da visão fragmentada do conhecimento, a uma organização pedagógica voltada ao trabalho interdisciplinar e contemplada nos projetos desenvolvidos, derrubando as barreiras das disciplinas que estancam os saberes.

  • Construir o trabalho na escola para uma verdadeira educação pode representar uma utopia. Utopia no conceito construído por Paulo Freire que pode envolver a denúncia, mas ao mesmo tempo, envolve a anunciação, numa provocativa reflexão sobre o inédito viável e com toda a crença no sonho possível, na utopia que virá desde que os envolvidos assim desejem.